[ editar artigo]

Ocupe-se até que eu volte!

Ocupe-se até que eu volte!

O texto de Lucas 19.13 revela um Deus pessoal, que se interessa por trabalho, negócios e administração. Ele fez os céus, a terra e tudo que existe. Criou o homem à sua imagem. É um Deus soberano que se importa com a sua criação e se relaciona com a sua obra; chamou o homem  para participar dessa administração como ministro e sacerdote, mordomo da criação para o louvor de sua glória. (Efésios 1.11)

Fazendo uma retrospectiva do princípio, podemos entender a nossa relação com o cultivo da terra e o lugar que precisamos ocupar na criação. O mandato cultural do homem era o cultivo da terra, uma expressão de adoração ao Criador (Gênesis 2.15). O homem, no princípio, tinha uma visão clara, plena e transcendente da criação. Ele era cheio da sabedoria de Deus e tinha clareza do seu papel. Após a queda, o homem ficou dividido, sua identidade foi fragmentada e sua cosmovisão foi modificada.

Cristo veio e se entregou por nós, para ouvirmos o chamado da reconciliação. Através do seu sangue, temos acesso à sua mente e aos seus pensamentos. Ele nos amou e nos chama para participar do seu plano de redenção. 1 Coríntios 2.16

 

"Não existe cosmovisão sem antes ser moldado pela mente de cristo."

 

Por meio dos pensamentos de Cristo, podemos enxergar através das lentes de Deus. Dessa maneira, podemos administrar a vida de forma integral.

Em geral, a primeira pergunta que vem à nossa mente quando se trata do plano de Deus é: como realizá-lo? Mas acredito que a primeira pergunta não deve se tratar de "como?", e sim: "onde Ele deseja estar?"

Certa vez, contrariando a expectativa de muitas pessoas, Jesus escolheu a casa de um publicano pecador para se hospedar. Isso revela que nem sempre é nos lugares desejáveis e convencionais aos homens que Ele deseja se revelar. Entender em quais espaços Deus quer se revelar nas esferas da sociedade é o primeiro passo para ocuparmos os lugares em que Ele deseja estar.

 

"Dentre outras coisas, ter a mente de Cristo é olhar, através das suas lentes, os lugares que ele deseja ocupar."

 

Seja na política, família, negócios, ciências, educação. Sim, como Adão e Eva ocupavam o jardim, cultivando, guardando e multiplicando, Deus nos chama, hoje, para reconciliar a sua criação a Ele.

"Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por intermédio de Cristo e nos outorgou o ministério da reconciliação". - 2 Coríntios 5.19

Portanto, esse é o convite para participarmos como conciliadores. Ele está ampliando a nossa visão sobre missões. Ele nos chama para viver de forma integral e intencional. Ele é um Deus soberano que deseja ocupar e atuar em qualquer lugar desse mundo. E somos seus sacerdotes, participando da sua grande comissão.

Olhando através das lentes de Cristo, podemos ver as cidades, escolas, universidades, hospitais, empresas. Ampliando mais essas lentes, podemos ver sacerdotes com vários tipos de atividades, ocupando os lugares na terra. Desde uma professora numa escola infantil, até uma mãe cuidando de seu filho. Empresários, arquitetos, recepcionistas, todos trabalhando e glorificando o Criador, trazendo verdade, beleza e justiça sobre os lugares.

Ele é um Deus ilimitado, Ele está nesses espaços, pequenos e grandes, ampliando o seu Reino, trazendo vida aos lugares através dos seus filhos. Podemos atuar, ampliando o seu Reino, glorificando o Seu nome. "Ele será chamado Emanuel, que significa ‘Deus conosco’". (Mateus 1.23)

Tendo consciência do nosso papel como embaixadores, cultivando, guardando e multiplicando, trazendo o padrão do Reino dos céus para a terra, ela será cheia da sua glória.


 

MOB Collab
Núbia Natália Oliveira Lima
Núbia Natália Oliveira Lima Seguir

Sou de Fortaleza-ce da Missão Casa Forte, esposa do Otávio, mãe da Elisa. Consultora de Carreira.Meu propósito é despertar, ativar e posicionar pessoas nas suas carreiras a partir de uma cosmovisão bíblica.Isaías 52

Ler conteúdo completo
Indicados para você